10
Abr , 2017

Sobre o que não consigo dizer


Categoria: Nosso Infinito
Como falar sobre um sonho maluco?

E ontem eu sonhei com você novamente, como sempre lindo e sorridente. Já faz algum tempo que tento te contar o que se passa, é bem provável que você ache graça.


Eu me lembro do primeiro abraço, do que parecia improvável se tornar algo inexplicável. Você abriu um sorriso, atravessou os bancos e chegou até mim, perguntou o que eu estava fazendo, segurou minha mão, olhou nos meus olhos, sorriu com o canto dos lábios e depois como se nada tivesse acontecido, como se não tivesse percebido o meu nervosismo, as minhas pernas tremendo e minha falta de “traquejo” ao te ver, simplesmente saiu com a sua mochila nos braços.


Talvez eu nem lembre quanto tempo passou, os recados que você me deixou, as noites em claro esperando a visualização das minhas mensagens.  Os dias sorrindo depois de horas de piadas engraçadas e tardes regadas a conversas sobre o mundo e mais nada.


Eu precisava dizer que você me enxergou. Eu precisava entender o que você resgatou. Eu preciso te abraçar de novo e provar pra mim mesma que isso tudo não passa de um sonho louco.



Nathalie Maia


Jornalista, produtora e social media - Seja bem-vindo ao nosso infinito!

Saiba +

Gostou? Deixe seu Comentário

Nathalie Maia


Jornalista por formação e contadora de histórias por vocação. São raros os dias em que um bom enredo não passa na sua cabeça. Apaixonada por um bom roteiro, de fi...

Saiba +

Facebook

Instagram